27/07/2017

A segunda turma do “MBA PPP e Concessões”, iniciativa pioneira no Brasil de pós-graduação em parcerias público-privadas, será lançada em Salvador, na próxima segunda-feira (31), às 17h, no auditório da FIEB – Federação das Indústrias do Estado. O evento é organizado pelas instituições que idealizaram e implantaram o MBA: a RedePPP (Rede Intergovernamental para o Desenvolvimento das PPPs), a Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP) e a LSE Enterprise. Vagas limitadas. Para participar, o interessado pode inscrever-se gratuitamente clicando aqui.

A programação do evento inclui palestra do economista Fernando Camacho, chefe do Departamento de Desestatização do BNDES – Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, que abordará a sistemática adotada pela instituição federal para financiamentos no setor, incluindo os requisitos técnicos a serem seguidos pelos solicitantes ao estruturarem seus projetos. Além de Camacho, o evento conta com a participação da especialista em Direito Ambiental Roberta Jardins de Morais, do escritório paulista Edis Milaré. Após as palestras, será servido um coquetel no foyer do auditório. O lançamento em Salvador tem os apoios da FIEB e do escritório Romano e Associados.


Qualificação técnica

O secretário da Fazenda do Estado da Bahia, Manoel Vitório, ressalta que o MBA é uma iniciativa fundamental para fortalecer a qualificação técnica dos responsáveis por parcerias público-privadas no Brasil. “Estamos diante de um grande desafio que é impulsionar o desenvolvimento no país com recursos escassos e, por isso, torna-se mais atrativa a opção pela PPP”. Um dos líderes do país na modalidade, a Bahia conta hoje com seis contratos em execução, incluindo o metrô de Salvador, e acaba de lançar o edital para implementação do VLT do Subúrbio.

“O Brasil já conta com 100 parcerias público-privadas em execução nas esferas federal, estadual e municipal, com R$ 200 bilhões em investimentos em setores como saúde, educação e infraestrutura. E a Bahia é uma das referências do país, concentrando 30% das PPPs na área de saúde”, ressalta o coordenador da RedePPP e chefe da Secretaria Executiva de PPP do Estado da Bahia, Rogério Princhak. A RedePPP reúne mais de 50 organizações brasileiras, entre estados, municípios, órgãos federais e agências de fomento.

De acordo com Princhak, devido à boa aceitação registrada pela primeira turma do curso, a segunda terá o mesmo formato, via ensino a distância (EaD), com alguns encontros presenciais, como o módulo internacional, realizado em Londres, e uma programação de visitas para conhecer de perto a experiência do Reino Unido em PPPs. Os membros da RedePPP têm condições especiais de investimento.

O MBA, ainda segundo Princhak, cumpre um dos principais pilares de atuação da RedePPP, que é promover e incentivar a capacitação técnica em parcerias público-privadas no país. Segundo ele, a experiência da primeira turma foi muito bem sucedida. “Os participantes têm elogiado bastante a qualidade das aulas e dos professores. E, por ser um curso a distância, possibilita que mais pessoas possam participar”.

O coordenador do MBA e diretor de programas da LSE Enterprise, Carlos Alexandre Nascimento, ressalta que uma das características da capacitação, além da equipe de profissionais renomados que formam a grade de docentes, é “a exploração da experiência britânica em PPPs, considerada a principal referência mundial sobre o tema”. De acordo com ele, o MBA propicia também uma “grande possibilidade de formação de network entre profissionais do setor público e privado atuantes no setor”.

A especialização é aprovada pelos alunos da primeira turma, como o procurador Bruno Vanuzzi, que atualmente é secretário de Parcerias Estratégicas de Porto Alegre (RS). Ele afirma que o MBA “traz todos os elementos necessários para uma estruturação de um projeto de concessão com qualidade e segurança, passando pelas etapas de escolha por prioridade, estruturação, licitação e assinatura do contrato”.


Matriculas abertas

As inscrições para o MBA estão abertas e podem ser feitas até o dia 21 de agosto, no site www.mbappp.com. O curso tem como público-alvo gestores públicos e profissionais da iniciativa privada de todo o país envolvidos com projetos de PPPs e de concessões.

Fonte: Ascom/Sefaz