Sistema Público de Escrituração Digital (SPED) e atualização da legislação tributária foram os temas mais solicitados. Capacitações começam neste mês, com o curso sobre a Nota Fiscal Eletrônica.

Neste mês de agosto, a Universidade Corporativa do Serviço Público – Unidade Fazenda (SGF/UCS) dá início a uma nova grade de capacitação voltada para o atendimento das principais necessidades apontadas pelos fazendários após visitas realizadas em unidades da Sefaz na capital e no interior. De acordo com a UCS, entre as diversas capacitações demandadas pelas áreas, temas de relevância para realização das atividades foram identificados, mas o SPED (Sistema Público de Escrituração Digital) e a atualização da legislação tributária foram os mais solicitados.

Para atender às sugestões dos fazendários e após reunião com a equipe da Gerência de Automação Fiscal (Geafi) da Diretoria de Planejamento da Fiscalização (DPF), os módulos que integram o SPED – como a Nota Fiscal Eletrônica (NF-e), Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e), Conhecimento de Transporte Eletrônico (CT-e), Escrituração Contábil Digital (ECD) e Escrituração Fiscal Digital (EFD) -, com suas respectivas alterações, serão oferecidos de imediato, nas modalidades à distância e presencial. O cronograma de cursos trará pelo menos dois novos títulos a cada mês, até o final do ano, incluindo conhecimentos de informática, de SPED e dos programas da fiscalização.

“Para os cursos do SPED, a UCS vem se reunindo constantemente com os colegas da DPF/Geafi, que estão bastante envolvidos com o trabalho e serão os instrutores dos módulos desse tema”, explica Nilma Oliveira, diretora da Universidade Corporativa. O primeiro curso será sobre a Nota Fiscal Eletrônica, com toda sua parte conceitual e teórica, as alterações da legislação, novos roteiros e conteúdos, inicialmente na modalidade à distância, e completamente revisado pelo auditor fiscal da Geafi, César Furquim. Em seguida, após conclusão dos módulos em EAD, os cursos serão oferecidos na modalidade presencial, como forma de aplicar na prática o aprendizado teórico e conceitual obtido a distância.

“A ideia é que todos tenham acesso ao Ambiente Virtual de Aprendizagem da Sefaz (AVA Sefaz) para a aquisição de conhecimentos teóricos que servirão de base para os momentos presenciais, em que ocorrerão as atividades práticas com estudos de caso e vivências de situações da fiscalização. Desta forma, os módulos em EAD serão pré-requisitos para os módulos práticos presenciais que começarão a acontecer em breve”,  explica Nilma.

Também em agosto, serão lançados os cursos de Java, solicitado pelos fazendários das Inspetorias de Fiscalização de Grandes Empresas (Ifeps), e o curso de Excel 2010, também muito demandado pelo grupo fisco, como forma de embasar a utilização de diversos sistemas da fiscalização. Os demais módulos componentes do SPED serão oferecidos nos meses subsequentes, até o final de 2017.

As inscrições para os cursos NF-e, Excel 2010 e Java, já estão abertas e o formulário de inscrição poderá ser acessado através do link: http://limesurvey.sefaz.ba.gov.br/index.php?sid=65345&lang=pt-BR.

Visitas às unidades

As visitas da equipe da UCS às unidades da Sefaz, na capital e no interior, foram realizadas durante os meses de maio e junho. Nesse primeiro momento, foram realizados cinco encontros, com os fazendários das inspetorias das DAT-Metro e Norte (Diretorias de Administração Tributária das Regiões Metropolitana e Norte), incluindo as IFMTs (Inspetorias de Fiscalização de Mercadorias em Trânsito), Copec (Coordenação de Fiscalização de Petróleo e Combustíveis), Consef (Conselho de Fazenda Estadual) e DPF/Getra (Gerência de Mercadorias em Trânsito).

De acordo com a diretora da UCS, essas visitas fazem parte da estratégia da Universidade de ouvir o cliente. “Após esses primeiros encontros, fechamos o nosso planejamento para o segundo semestre de 2017 e já estamos oferecendo os treinamentos solicitados. Continuaremos com as visitas às unidades que ainda não foram contempladas para inclusão das demandas na grade de 2018. A impressão até agora é bastante positiva, com os colegas participando e dando diversas sugestões”, disse.

Resultados da UCS

No primeiro semestre desse ano, 1.330 pessoas participaram dos cursos realizados pela UCS na área de capacitação interna. Em eventos externos, foram 67 concluintes. Na modalidade de ensino a distância, mais 392 pessoas foram capacitadas. Entre as metas da Universidade para 2017 e 2018, de acordo com a diretora, estão a manutenção da participação de servidores em eventos externos, a disponibilização de novos títulos de conteúdos EAD, a implantação da Gestão do Conhecimento e o desenvolvimento e implantação do Sistema de Educação Corporativa (SIEC).


Fonte: Ascom Sefaz