UCS Sefaz capacita mais de 3.700 servidores em 2017

Mais de 3.700 pessoas foram capacitadas pela Universidade Corporativa do Serviço Público - Unidade Fazenda (SGF/UCS) no ano de 2017, entre cursos realizados nas modalidades presencial e de ensino a distância (EAD) e eventos externos, o que representa um crescimento de 4% em relação a 2016. Responsável por ações de capacitação dos servidores da Sefaz e também por algumas voltadas para outras unidades do Estado, ao longo do ano passado a UCS formou 246 turmas em todos os treinamentos, somando 4.461 horas.

De acordo com a diretora da unidade, Nilma Oliveira, o resultado é fruto do trabalho de levantamento das demandas de capacitação que foi feito por meio da realização de visitas da equipe da Universidade às unidades da Secretaria com o objetivo de escutar as necessidades das áreas e assim montar uma grade voltada para atender essas demandas. “Essa estratégia surtiu efeito e assim conseguimos montar uma grade bem alinhada com os pedidos dos colegas. Os treinamentos mais solicitados foram sobre o Sistema de Auditoria Fiscal (Siaf), Antecipa, Sped, Legislação, Excel, Access e Office 365”, diz.

Entre os cursos voltados exclusivamente para o pessoal da Sefaz, destacam-se as capacitações sobre o Siaf, que tiveram 69 concluintes, envolvendo os três níveis – básico, intermediário e avançado -, e as do Sped, com os treinamentos sobre Nota Fiscal Eletrônica (NF-e) e Escrituração Fiscal Digital (EFD), foram feitas por 58 servidores. Já os cursos sobre os programas Access e Excel tiveram 64 concluintes na modalidade presencial e mais 136 na modalidade EAD. A UCS também cedeu suas instalações para a realização de diversos treinamentos para outros órgãos públicos como o Corpo de Bombeiros, a Academia da Polícia Militar, a Secretaria da Administração (Saeb) e a Secretaria da Saúde (Sesab), entre outros.

Para 2018, a titular da UCS destaca algumas das metas estipuladas. “Queremos, por exemplo, ampliar a capacitação nas áreas fiscal e tributária, implantar o programa de capacitação para o trânsito de mercadorias, promover videoconferências utilizando a estrutura que está sendo montada na própria Universidade, disponibilizar novos conteúdos EAD e reativar o Comitê de Educação Corporativa, entre outros objetivos que já estão sendo colocados em prática”, afirma Nilma.

Mais uma novidade para esse ano é que a UCS passa a ser responsável pelo Programa de Educação Fiscal do Estado (PEF-Ba). A atual Coordenação de Educação Fiscal (Cef), ligada à Superintendência de Administração Tributária (SAT), ficará responsável pela campanha Nota Premiada Bahia.

Cursos Presenciais

Na modalidade presencial, que somou 142 turmas e uma carga de 1.795 horas, destaca-se o treinamento do Sistema Integrado de Planejamento, Contabilidade e Finanças do Estado da Bahia (Fiplan), voltado para servidores de toda a área financeira do Estado. Com 50 turmas, esta capacitação contou com 1069 concluintes e carga horária de 563 horas. Outro destaque dentre os cursos presenciais foi o treinamento do Painel de Planejamento da Fiscalização (PPF/Antecipa), que tem como público-alvo agentes de tributos, e capacitou 168 fazendários em 244 horas de aula.

EAD

Em 2017, a UCS realizou 60 cursos na modalidade EAD, utilizando o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) da Sefaz. Este tipo de capacitação obteve 574 concluintes e carga horária de 1.501 horas. No segundo semestre, a UCS lançou dois novos cursos EAD voltados para as áreas de contabilidade, auditoria e fiscalização: Nota Fiscal Eletrônica, que teve um total de 60 horas de treinamento e capacitou 37 servidores, e Escrituração Fiscal Digital, com carga horária total de 20 horas e 21 servidores capacitados. Para 2018, a novidade é o curso da Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e), que teve uma turma piloto no ano passado e já foi disponibilizado para os fazendários neste mês de fevereiro.

“Como forma de democratizar as oportunidades de capacitação para os fazendários de todo estado, o ensino a distância tem sido uma importante ferramenta para a Sefaz. Com o lançamento destes novos cursos, nosso objetivo é incentivar todos os fazendários a participarem das capacitações oferecidas pela UCS, independentemente de limitações geográficas. Estes cursos foram totalmente revisados e ampliados de acordo com o interesse desse grupo de servidores”, explica Nilma Oliveira.

Eventos externos

Responsável por viabilizar a participação dos fazendários em eventos externos, inclusive realizados em outros estados, a UCS contabilizou 164 concluintes para um total de 44 eventos nas mais variadas áreas, incluindo administração pública, auditoria interna, contabilidade e gestão tributária. Foram ao todo 1.165 horas de capacitação.